mega sena logo Mega Sena shopping_cart JOGAR AGORA
Homem desesperado

Brincando com a sorte: 10 ganhadores que perderam tudo!

Quem já não sonhou em faturar um grande prêmio na Mega Sena? Imagine como seria ter a conta bancária recheada com milhões extras para gastar COMO e QUANDO desejar! Sinônimo de felicidade plena, não é mesmo? Não, exatamente. Por mais incrível que pareça, alguns vencedores conseguiram – SIM - em tempo recorde, transformar o sonho milionário em verdadeiro pesadelo!

Reunimos aqui histórias de grandes “fails” e erros épicos de ganhadores da loteria que perderam tudo num piscar de olhos! E tem mais! Contamos ainda histórias de apostadores que cometeram enganos básicos ao realizar seus jogos e perderam a grande chance de levar uma bolada. Confira as maiores falhas dos “vencedores” de loteria e evite cair na mesma cilada!

DO LUXO AO LIXO EM TEMPO RECORDE!

Ganhar na loteria é o sonho de muitos, mas pode se tornar em pesadelo quando quem ganha não consegue organizar e administrar bem o prêmio milionário. São muitas as histórias de pessoas que ganharam na Mega Sena e perderam tudo, seja em dinheiro ou decepções. Confira!

1. ANTÔNIO BAIANO: O GANHADOR QUE PERDEU TUDO EM 5 ANOS 

O baiano Antônio Domingos tinha 19 anos em 1983, quando ganhou cerca de R$30 milhões na loteria. Zelador na época, imediatamente pediu demissão do emprego e decidiu aproveitar a vida sem nenhum compromisso. Mudou para a suíte presidencial de um hotel de luxo em Salvador (o mais sofisticado da cidade na época) onde dava festas extravagantes, emprestava dinheiro aos amigos e gastava muito em restaurantes caríssimos.

Como já era de se esperar, a vida de ostentação levou o ganhador a perder sua fortuna em apenas 5 anos. Durante a vida de milionário, nunca realizou investimentos seguros, nem mesmo comprou a casa própria. E depois de perder tudo, hoje trabalha como “faz tudo” em um restaurante em Salvador. Antônio acredita que é possível ter sorte mais vezes na vida e garante que, se ganhasse novamente, faria tudo diferente.

 2. JESUS SILVA DA FONSECA: GASTOU FORTUNAS EM 6 MESES! 

Jesus Silva da Fonseca atualmente vende bilhetes de loterias em Macapá. Quem não o conhece nem imagina que um dia já foi milionário. O ano foi 1983, quando ganhou na loteria mais de R$ 2 milhões! O prêmio veio de um dos bilhetes que o próprio Jesus vendia, nas ruas da capital do Amapá. Mas a vitória de Jesus é a prova prática de que dinheiro que chega rápido pode ir embora na mesma velocidade. O sonho da casa própria, de investir em empresas ou aplicações financeiras – sonho da maioria dos brasileiros - chegou tão perto, mas nunca foi realizado. Em apenas 6 meses o dinheiro fácil foi usado em festas, viagens e acabou. Hoje em dia com a saúde debilitada, Jesus conta que se arrepende de não ter poupado parte do dinheiro. 

3. ANTÔNIO DONIZETI: APENAS 3 ANOS DE FARTURA 

Antônio Donizeti certamente acreditava que sua vida iria mudar para melhor, quando acertou na loteria em julho de 1977 e ganhou 6.3 milhões de Reais! O montante foi consumido em apenas 3 anos, boa parte em empréstimos feitos a amigos e familiares que nunca o pagaram. Hoje Antônio vive de uma pequena renda conseguida com seu sítio em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, uma das regiões mais pobres de Minas Gerais.

4. NIVALDO EDUARDO DOS SANTOS: DE MILIONÁRIO A POBRE 

Nivaldo dos Santos foi um dos primeiros milionários da Loteria Esportiva, em 1972. Com apenas 27 anos, ganhou uma bolada de quase R$ 6 milhões! Do mesmo jeito que os seus colegas ex-milionários, a pouca idade e a falta experiência para administrar grandes quantias, fez com que sua riqueza durasse pouco tempo.

Suas extravagâncias incluíam fretar aviões e levar amigos para assistir partidas de futebol pelo Brasil, com tudo pago. Tentou também investir em negócios, que infelizmente não deram certo. Enfrentou mais de 20 processos trabalhistas e acabou inclusive na cadeia por conta de suas dívidas. O ganhador da loteria perdeu tudo e ficou pobre. Hoje dorme em albergues de apoio aos sem-teto e batalha por uma aposentadoria por invalidez.

5. ALVINO FERREIRA: DE RICO A CATADOR DE LATINHAS 

O ano era 1971 e Alvino Ferreira nunca tinha entrado em uma casa lotérica. Trabalhando em uma fazenda, apenas visitava a cidade quando precisava. Em uma dessas visitas, um amigo sugeriu que ele tentasse a sorte na loteria. Alvino fez 1 única aposta e embolsou meio milhão de Reais! Mas a festa durou pouco, e como muitos ganhadores de loteria por acaso, conseguiu transformar o que seria uma vida de conforto e segurança, em desperdício.

O goiano tinha apenas 30 anos quando recebeu seu prêmio, e a falta de maturidade e planejamento, fez com que perdesse a fortuna em apenas 6 anos. De mau em mau negócio, foi perdendo tudo o que ganhou, em projetos sem futuro. Sem um centavo restante na conta bancária, foi obrigado a voltar a trabalhar como catador de latinhas, até se aposentar por problemas de saúde.

TUDO A PEDER: HISTÓRIAS TRÁGICAS DE GANHADORES DE LOTERIA 

Quando o assunto é dinheiro, relatos inacreditáveis vão muito além de ganhadores da Mega Sena que ficaram pobres. Tem histórias ainda mais trágicas! Tem gente que sofreu nas mãos de sequestradores e até ganhadores que pagaram pelo prêmio com a vida. Veja algumas histórias recentes de ganhadores da loteria, que não acabaram nada bem:

6. CASO RENNÉ SENNA: O ASSASSINATO DO GANHADOR DE LOTERIA 

Ex-lavrador e ex-açougueiro, Senna tinha 54 anos quando ganhou o prêmio de R$ 52 milhões na Mega Sena, em julho 2005. Enquanto curtia a vida tranquila, conheceu Adriana Almeida, 25 anos mais jovem, com quem se casou. Menos de 2 anos depois (em janeiro de 2007), foi assassinado com quatro tiros, em Rio Bonito (RJ). A viúva Adriana foi então apontada como a mandante do crime, supostamente motivada pela herança de R$ 26 milhões (metade do prêmio da Mega Sena) deixado por Renné. O caso foi encerrado em dezembro de 2016, quando Adriana foi condenada a 20 anos de prisão, por homicídio duplamente qualificado.

7. CASO OTAVIANO DE SALES: O SEQUESTRO DO VENCEDOR DA MEGA SENA

Em 2013, o pedreiro Otaviano de Sales Gama acertou as 6 dezenas da Mega-Sena e recebeu um prêmio de mais de R$7,8 milhões! Sem planos mirabolantes, continuou levando a vida normalmente, não abandonou o emprego e nem mesmo mudou da casa alugada em Guarulhos (interior de São Paulo), onde vivia. No entanto, não foi cuidadoso com quem compartilhou a notícia sobre o prêmio. No mesmo ano, em plena véspera de Natal, Otaviano e um de seus irmãos foram sequestrados. A polícia conseguiu resgatar os dois no dia seguinte, mas os momentos de terror que viveram no cativeiro jamais serão esquecidos.

FALHA HUMANA: OS QUASE VENCEDORES DE LOTERIA 

Depois de apostar na loteria, o desejo de todo jogador é de acertar as dezenas sorteadas e receber a tão sonhada bolada. Imagina a festa ao descobrir que os seus números foram premiados! O que ninguém espera, é que uma simples falha humana possa transformar sorte e sonhos, em pesadelo.

Estes são os casos dos “quase ganhadores”, que por um simples bilhete extraviado ou até mesmo esquecimento, jamais conseguiram receber o prêmio milionário.

8. MÁ SORTE: UBERLANDENSE PERDE BILHETE PREMIADO NO LIXO 

Em 2014, um morador de Uberlândia (MG) alegou ser um dos ganhadores da Mega Sena concurso 1617, cujo prêmio anunciado era de R$ 32 milhões. Dividindo o pote com outro apostador, o prêmio individual recebido seria de R$ 16 milhões. O problema é que o “sortudo” apostador não tinha o comprovante para apresentar para a retirada do prêmio. Segundo o vencedor, o bilhete premiado teria sido acidentalmente jogado no lixo, por sua própria esposa.

O caso foi parar na Justiça e mesmo depois de analisarem as imagens do circuito interno de vídeo da lotérica, na qual o apostador havia preenchido o bilhete, a Justiça julgou o caso como improcedente e o apostador nunca colocou as mãos no prêmio milionário.

9. ESQUECIMENTO: GANHADOR NÃO RETIRA PRÊMIO DE R$ 22 MILHÕES 

Um dos acertadores das 6 dezenas da Mega-Sena concurso 2074, realizado em 2018, não compareceu à Caixa para retirar seu prêmio de R$ 22 milhões. Acredita-se que o sortudo, dono de uma aposta simples realizada em São Sebastião no litoral de São Paulo, esqueceu de conferir os números sorteados.

Pelas regras das loterias, os ganhadores de qualquer um dos sorteios da Caixa têm até 90 dias após a realização do concurso para retirar o valor do prêmio. Qualquer prêmio prescrito (não resgatado no prazo) é repassado integralmente ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) e não poderá mais ser retirado.

10. ERA UMA VEZ UM BOLÃO: O JOGO NÃO REGISTRADO

Em 2010, um grupo de apostadores da cidade de Novo Hamburgo (RS), acertou as 6 dezenas da Mega Sena acumulada em R$ 53 milhões. Mal podiam conter a alegria ao correr para retirar a bolada individual de R$ 1,3 milhões.  Mas destino reservaria uma grande surpresa... A funcionária da casa lotérica onde o grupo registrou o bolão, esqueceu de registrar a aposta e, como nenhum dos participantes solicitou o comprovante, não havia documento oficial para comprovar a vitória.

O grupo entrou com um recurso na Justiça contra a Caixa e a lotérica, mas depois de 10 anos em julgamento, ainda não foi possível resgatar o prêmio milionário. A funcionária da lotérica de Novo Hamburgo foi condenada por estelionato e o proprietário do estabelecimento absolvido.

NÃO ENTRE NESSA FURADA 

Acredita-se que grande parte daqueles que ganham prêmios de loteria, acabam perdendo tudo em poucos anos. Um dos motivos, reside na falta de planejamento e no fato de muitos jogadores cometerem o erro de pensar que o dinheiro durará para sempre e cumprirá absolutamente todos seus desejos.

Outra razão, por mais incrível que pareça, reside no esquecimento por parte dos vencedores, pois apesar de loterias como a Mega Sena darem um prazo de 90 dias para que retirem o prêmio, muita gente acaba não fazendo. Apenas nos últimos anos, os valores não retirados pelos ganhadores “esquecidos ou desatentos” na Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca, Lotogol e Federal somam cifras milionárias! 

Então, se você não quer fazer parte das histórias de ganhadores da Mega Sena que ficaram pobres, seja for não administrar bem a quantia recebida ou simplesmente por perder a chance de sacar um grande prêmio, confira os nossos próximos conselhos! Reunimos aqui dicas de segurança e recomendações de especialistas sobre como lidar com a nova fortuna e garantir uma vida de milionário livre de complicações!

Atualizado em 18 de Dezembro de 2020